Arquivo da Categoria: Cabelo

Tarja Preta da Lolla

Hoje vou falar da Tarja Preta, a linha de Queratina Vegetal Líquida da Lolla. É composto da Queratina Vegetal Líquida e a Máscara Restauradora.

Sabe quando o cabelo está quebradiço, elástico?! Então, esse é o momento que é preciso repôr a massa dos fios. Ou seja, é quando os cabelos precisam de uma reconstrução.

Quando quero fazer uma reconstrução, eu uso o Tarja Preta.

Já falei sobre a diferença da hidratação, nutrição e reconstrução aqui no blog, clique aqui para ver o post.

O Tarja Preta é indicado para cabelos danificados e deprimidos. Trata-se de um tratamento restaurador intensivo para cabelos coloridos, quimicamente tratados extremamente danificados por processos mecânicos, como o uso frequente de chapinhas e baby liss.

Mas é preciso muita atenção ao usar este produto, pois a queratina pode enrijecer os fios devido a sua alta reposição de massa.

 

O que achei: Realmente é um repositor de massa, pois nota-se que os fios ficam mais encorpados. Eu achei super prático de se usar, pois uso durante o banho mesmo, entre o shampoo e o condicionador.

O resultado é um cabelo mais macio, sedoso e domado!  Quer coisa melhor que fazer uma reconstrução em casa sem precisar ir no salão?!

Super indico o Tarja Preta da Lolla!

Anúncios

Shampoo e Condicionador Amêndoa e Linhaça Korres

Recebi um e-mail da Sephora informando que eles estavam com vários descontos no site. Fui dar uma olhadinha e não resisti! Acabei comprando uns produtinhos para experimentar… (eba!)

Dois deles foram o Shampoo e Condicionador de Amêndoa e Linhaça da marca Korres.

Como não conhecia a marca, fui procurar na internet, é logico!

A Korres foi fundada em 1996 por George Korres, um farmacêutico homeopático, juntamente com a engenheira química Lena, que tinham em comum a paixão por ingredientes naturais. Eles desenvolveram uma linha completa de produtos com ingredientes naturais da flora grega.

No site da Korres diz que:

Condicionador nutritivo e Shampoo formulado para cabelos secos/danificados, evita a quebra e pontas duplas.

Fios ressecados pedem hidratação profunda. O extrato de amêndoa contido na fórmula amacia e deixa os fios soltos e maleáveis. Mais: a linhaça e seus componentes – Ômega 3, 6 e 9, vitamina E e magnésio – garantem brilho e nutrição.

 

Além disso, a fórmula dos produtos são de 56,47% de conteúdo natural + derivados.

Tanto no site como nas embalagens dos produtos informa que o produto não contém os seguintes ingredientes:

NÃO Óleo Mineral
NÃO Vaselina/parafina
NÃO Silicones
NÃO Parabenos
NÃO Propileno Glicol
NÃO Etanolaminas
NÃO Polietilenoglicol
NÃO Lauriléter Sulfato de Amônio
NÃO Corante Sintético
NÃO Ftalatos
NÃO Almíscares Policíclicos
NÃO Retinol
NÃO Álcool Etílico
NÃO Subprodutos animais
SIM Lauriléter Sulfato de Sódio
SIM Fragrância
NÃO Testado em animais

E mais: todos os componentes da embalagem são recicláveis!!!

Ou seja, tudo de bom!

Mas, o que eu achei dos produtos?!

No primeiro uso achei o shampoo beeeeeeem suave! Como tenho o couro cabeludo oleoso, a sensação de uma limpeza suave me incomoda um pouco. Mas, acredito que por ser indicado para cabelos secos, e o produto ser mais natural, acho que é normal, até esperado.

Por isso, eu normalmente uso um shampoo antes, faço uma espécie de pré-lavagem, mas só no couro cabeludo mesmo!

Já o condicionador é consistente e com certeza irá acabar antes do shampoo. Aliás isso sempre acontece comigo!

O cheiro tanto do shampoo quanto do condicionador é muito gostosinho!

Beijos!

 

Hidratação com Óleo de Côco

Depois de tanto ouvir falar, eu fiz a famosa hidratação com óleo de côco.

Primeiro vou falar dos benefícios para depois falar como fiz e o que achei:

O óleo de côco é rico em vitamina E e ácidos graxos, e os benefícios são a reestruturação capilar, hidratação profunda dos fios ressecados, controle de frizz, fim das pontas duplas, brilho e efeito sedoso.

O óleo de coco penetra nos fios de cabelo profundamente, fechando as cutículas, por isso contribui para o controle do frizz e fim das pontas duplas.

 

Antes de lavar os cabelos, eu passei o óleo de côco puro na metade dos cabelos para as pontas. Fui colocando mecha a mecha até colocar em todos os fios.

Deixei o óleo nos cabelos por uns 30 minutos e depois fui lavar os cabelos normalmente.

Eu senti que as pontas ficaram mais macias, os dedos deslizavam direto até o final, sabe?! Eu adorei a sensação que o óleo deixou nos meus cabelos e com certeza vou passar a fazer essa hidratação!

Há quem diga que não é bom passar o óleo puro direto nos fios, que é indicado misturar a uma máscara capilar, de preferência uma máscara nutritiva.

E também é preciso tomar cuidado e retirar todo o óleo dos fios, pois sendo um óleo, é bem capaz de se você usar uma chapinha acabar “fritando” os cabelos! rs

Fica a dica de uma hidratação e nutrição capilar fácil e bem prática!

Beijos!

 

 

Escova Progressiva, não resisti…

Como eu contei a Minha Experiência em Largar a Progressiva, estou agora escrevendo esse post para dizer que acabei fazendo uma escova no cabelo em Dezembro.

Sim, eu pequei… rs 😦

Eu ainda quero deixar de fazer escova mas o meu cabelo é fino, leve e eu tenho muito cabelo, então meu cabelo fica super cheio! (Meu nome é Gal… rsrsrs)

E passados 9 meses ele estava até a altura dos olhos/orelha  bem ondulado e depois um liso meia boca. E apesar de eu ter feito reconstrução, ter comprado vários cremes para cabelos ondulados, eu não estava gostando nada nada.

O que eu acabava fazendo era amarrar bem apertado para ver se ajeitava a raiz na marra! Só que, fazer isso acaba quebrando MUITO os fios, e por causa disso fiquei cheia de fios curtos que adoram ficar em pé…

Além disso, meu cabelo ficou muito fraco. Não sei se por conta de amarrar forte, mas os fios estavam quebrando com facilidade.

Conclusão: Eu estava piorando os cabelos ao invés de melhorar! Mas era inevitável! Bato palmas para quem consegue largar de vez!

Acho que o melhor seria cortar logo curtinho mesmo. Infelizmente, tenho rosto redondo e ficaria horrível!

A minha ideia era fazer relaxamento com tioglicolato de amônia, para o cabelo ficar do jeito que eu gosto, ou seja, ajeitado na raiz e não ficar “lisão” como a progressiva.

Acontece que, a ultima vez que eu fiz relaxamento foi em 2013 e com Guanidina. Conversando com o meu cabelereiro ele me aconselhou a ficar mais tempo sem a guanidina se eu quero mesmo mudar para o tioglicolato de amônia. Pois, se por acaso o tioglicolato “bater” em cima do cabelo com guanidina, meu cabelo vai quebrar todinho!

Não sei quanto tempo eu preciso esperar para trocar o produto do relaxamento, então fiquei com medo, é lógico!

Mas, nesse ano de 2016 vou tentar novamente largar a progressiva. Já pesquisei alguns produtos que irão me ajudar. Se funcionar eu posto aqui para contar.

Torçam por mim! 😀

 

Creme de Tratamento Dove Pure Care Dry Oil

Adoro cremes fáceis e práticos de usar, daqueles que usamos no banho entre o shampoo e o condicionador, sabe?!

E o Creme de Tratamento Dove Pure Care Dry Oil é exatamente esse tipo de creme!

 

Segundo a Dove, o Creme de Tratamento Pure Care Dry Oil é enriquecido com óleo de macadâmia africana, nutre profundamente o cabelo deixando-o sedoso e leve.

Aproveite de um cabelo leve, sedoso e com brilho.

Recursos e benefícios:

  • Nutre e revitaliza
  • Deixa os cabelos macios
  • Hidrata
  • Proporciona maciez

 

Sempre gostei dos produtos da Dove, pois deixam os cabelos macios, sedosos e com o volume devidamente domado!

E esse creme Pure Care Dry Oil faz exatamente isso! Super hidrata o cabelo e deixa ele baixinho e lindo!

Agora a Dove tem um monte de opções diferentes para cada tipo de cabelo e todas nós ficamos felizes! Estou louca para experimentar a linha Advanced Hair Series Regenerate Nutrition.

Sim! 😀

Então, nesse verão, para amenizar os maus tratos que fazemos com nossos lindos cabelinhos, o Creme de Tratamento Dove Pure Care Dry Oil é mais uma opção!

Leave-In Cacho Sublime Amávia

Procurando produtos para cabelos cacheados / ondulados, principalmente leave-in, a vendedora de uma loja de produtos de beleza me indicou o Cacho Sublime da Amávia.

Confesso que não conhecia a marca e aceitei a indicação da vendedora.

Ao deixar de fazer progressiva, um dos produtos que eu não posso deixar NUNCA de usar é o leave-in ou, como é mais conhecido, o creme de pentear.

O creme de penter é fundamental para deixar os meus cabelos menos rebeldes, com menos volume e mais “ajeitadinho”.

 

Segundo a Amávia:

O Leave-in Hidratante Cacho Sublime combina a extraordinária ação reparadora e hidratante do óleo de argan, rico em ácidos graxos essênciais e vitamina E, com as propriedades nutritivas e modeladoras da proteína do colágeno. Com ação emoliente sobre a fibra capilar, facilita o desembaraçar dos fios, reduz o volume, protege contra o ressecamento, promovendo cachos perfeitamente definidos e com brilho intenso.

 

Comecei a usar o creme na pior fase da minha transição capilar do liso escova  progressiva para o natural ondulado/cacheado.

Posso dizer que o creme funcionou do jeito que eu queria! Diminuiu o frizz e o volume, mantendo o meu cabelo mais baixo, do jeito que eu prefiro.

Então, para as cacheadas fica a dica de mais uma opção de creme de pentear!

 

Kit Bomba de Reparação Ampola Summer Edition Pantene

Ampolas de tratamento capilar foram os melhores produtos já inventados!

Dá para levar na bolsa, é super prático para usar em viagens pois não ocupa um lugar grande como uma máscara de tratamento. E fazem maravilhas no cabelo!!

Sempre gostei dos produtos da Pantene pois deixam os cabelos super macios!

Dessa vez, eu comprei o Kit Bomba de Reparação da Pantene para experimentar.

Já tinha usado essas ampolas, mas fazia tempo que eu não usava. Tanto que só agora fiquei sabendo que a tampinha é de rosca.

Obrigada Pantene! Agora dá para usar só a metade da ampola e manter o produto fechado, sem correr o risco de estragar, né?!

 

A Pantene faz a seguinte recomendação:

Recomendamos usar uma ampola Hidro-cauterização para uma hidratação intensa na 1ª semana.
Na 2ª semana, usar a ampola Restauração para reparar danos* extremos instantaneamente.
Na 3ª semana usar de novo uma ampola Hidro-cauterização para continuar com hidratação e selagem de cutícula.

 

Eu usei mais ou menos como foi recomendado, isso porque a primeira ampola eu usei um dia uma metade, e depois de uma semana a outra metade. Mas eu segui a ordem que eles recomendaram.

Sinceramente, não consigo ver diferença entre os tipos de ampola. Para mim é tudo a mesma coisa.

As ampolas deixaram meus cabelos super macios e sedosos. E é uma ótima opção quando queremos variar a máscara de tratamento, ou mesmo como aliado, pois dá para usar no meio da semana.

Esse kit com 3 ampolas de 15 ml cada custou R$ 12,99.